Navigation Menu

Luis Merlo, Alex O'Dogherty e Iñaki Miramón encarna três personagens de 'Arte' do autor francês Yasmina Reza

Os atores Luis Merlo, Alex O'Dogherty e Iñaki Miramón encarnam os três protagonistas da obra do autor francês arte de Yasmina Reza, um retrato de "ácido" de amizade que vai visitar o Teatro Lope de Vega em Sevilha desde manhã e até o dia 1 de fevereiro, dirigido por Eduardo Recabarren.

Numa conferência de imprensa, Merlo, acompanhado pelo diretor do Teatro Lope de Vega, Antonio Álamo, considerado uma 'presente' visita o campus de Sevilha com arte, o trabalho de um autor vivo "mais representada da história".

Merlo retorna ao palco do Sevilha, 16 anos depois de jogar o Ivan, o elemento "neutro e conciliador" da "trilogia da amizade", formada em conjunto com O'dogherty e Miramon. A "idolatria" ao qual Iñaki Miramón encarna adquire uma tela contemporânea "caro" só pintado com pigmentos brancos, ato que se opõe a O'dogherty, para resistir a "novidade e surpresa que reina no mundo da arte, para entender que a surpresa nada mas morto nasce", explicou o ator. No meio está o Merlo neutro, que vai tentar mediar entre os dois lados.

Além de examinar a "fragilidade" da amizade, arte coloca o espectador "é o que realmente importa no mundo da arte ou extrapolação, o mundo em geral: a lei da verdade ou o talento ou o dinheiro que compra o talento". "Empurra para refletir o que é mais importante: fazer bom teatro, cinema, televisão ou fazer coisas inúteis e vazio mas assinado por pessoas de prestígio ou nome", acrescentou.

O texto de Reza junta montagem dirigida por Recabarren alimentado um "brutal", que oferece a "novidade" de ser pilotado por uma geração de jovens atores que trazem "tremenda vitalidade" para a cena. De acordo com o ator, Recabarren queria desde o início que, assim como a amizade que foi criada sobre os três atores nos camarins "uma amizade teatral gerar então que tinha algo a perder", porque caso contrário "o discurso sobre arte racional demais para um texto que é tão apaixonado como o Reza".